Engieblog
Compartilhe este artigo
Manutenção de ar-condicionado automotivo

Manutenção de ar-condicionado automotivo: que peças checar?

By Racoon

Muitas pessoas somente se lembram de realizar a manutenção de ar-condicionado automotivo quando o calor toma conta do veículo, mesmo com o ar ligado no máximo. Neste artigo, vamos ver que o sistema de refrigeração do ar também precisa de atenção e algumas peças devem ser substituídas com frequência. Continue a leitura para saber mais!

Filtro de ar do motor

O filtro de ar do motor também é importante para o bom funcionamento do ar-condicionado. Isso porque, além de fornecer o ar da mistura da combustão, ele também leva ar para o interior do veículo e para o sistema de desembaçamento dos vidros. Por isso, a troca regular deste componente é essencial para aumentar a vida útil do ar-condicionado do seu carro.

Este filtro pode ser facilmente acessado através da tampa do motor e, geralmente, fica próximo da grade dianteira, perto do radiador. A caixa de entrada de ar também deve ser higienizada sempre que for trocar o filtro.

Filtro de cabine

O filtro de cabine só existe em veículos com ar-condicionado de fábrica. Ele é responsável por garantir a qualidade do ar que entra diretamente no habitáculo e também por limpar o ar que estiver na recirculação, tirando-o de dentro do veículo, filtrando-o e devolvendo-o para a cabine.

Checar o filtro de cabine é essencial para a manutenção de ar-condicionado automotivo. Ele deve ser verificado sempre que se for fazer a higienização do sistema e, quando apresentar acúmulo de fungos e partículas, deve ser substituído imediatamente.

Filtro pólen

Este é, propriamente, o filtro do sistema de ar-condicionado. Ele é responsável pela limpeza do ar que passará pelo sistema de refrigeração, vindo sempre de fora para, então, ser injetado no habitáculo. Se esse filtro estiver obstruído, certamente todo o sistema apresentará ineficiência. Desta forma, a manutenção de ar-condicionado passa necessariamente pela troca do filtro pólen.

Importante lembrar que não existe limpeza de filtro pólen. Geralmente, ele é feito de celulose ou papel e, portanto, não resiste a umidade. O acúmulo de fungos devido à refrigeração do ar também é comum e se torna uma razão a mais para não se pensar em economizar com a substituição deste filtro.

Cilindro de gás

Considere, também, na manutenção de ar-condicionado automotivo, a substituição ou complementação do gás responsável pelo resfriamento do ar. Isso porque é bastante comum a perda gradual do gás ao longo do tempo, causando a ineficiência do sistema de refrigeração.

Esta parte da manutenção geralmente não é cara e costuma ser bem simples. Também é fácil perceber quando o gás está faltando: o ar, mesmo com o sistema ligado na máxima potência, não gela e há um barulho típico de vento mais forte do que o comum. Estes sintomas indicam, na maioria das vezes, a falta de gás. No entanto, é sempre importante fazer uma verificação com um profissional da área.

manutenção de ar-condicionado automotivo

Realizar a manutenção de ar-condicionado automotivo pode ajudar na economia com futuros reparos ou trocas.

Na maior parte das vezes, se o dono do veículo for cuidadoso, bastará completar o nível de gás. Mas se o sistema ficar funcionando por muito tempo sem o nível correto do gás, poderá sofrer danos em outras partes mecânicas e a manutenção de ar-condicionado automotivo se tornará cara.

Compressor

É a peça mais cara de todo o sistema de ar-condicionado. Normalmente, possui uma vida útil longa e raramente precisa ser substituída. O compressor é o responsável por transformar a energia do eixo do motor em força para lançar o ar refrigerado para dentro do carro, por isso, se ele estiver com problemas, muito provavelmente todo o sistema irá parar. É importante não forçar o funcionamento com o compressor danificado. Isso pode causar o congelamento do gás, entupimento dos dutos e a perda total do sistema.

A troca do compressor é recomendada em situações como a falta de gás ou quando a sujeira do ar impede o seu correto funcionamento, causando danos irreversíveis. Para saber se o problema do ar-condicionado é mesmo o compressor, é necessária a avaliação profissional com um mecânico de confiança.

Manutenção de ar-condicionado automotivo: quando fazer

Antes de tudo, a palavra manutenção tem um significado diferente de conserto: enquanto consertar se refere a ajustar algo danificado, manutenção se refere a prevenção. Por isso, a manutenção de ar-condicionado automotivo, na verdade, é a prevenção de problemas.

Essa manutenção deve acontecer de acordo com o estabelecido no manual de instruções do seu veículo ou a cada seis meses. E lembre-se: a prevenção ainda é o melhor remédio, já que realizar uma troca ou reparo de um dos componentes do sistema de ar-condicionado pode sair muito mais caro. Então, procure por mecânicos de confiança e não deixe para depois.

Manutenção de ar-condicionado automotivo

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais e deixe seus amigos informados sobre a manutenção de ar-condicionado automotivo!

Lamentamos informar que em 20 de Abril de 2020, a Engie encerrará seus serviços. Leia mais aqui