Engieblog
Compartilhe este artigo

Lâmpadas automotivas de LED: vantagens, dicas e as diferenças em relação a lâmpadas convencionais

By Caroline Hamoui

O LED é um semicondutor que converte eletricidade em luz, que apresenta resultados do que as lâmpadas halógenas convencionais. Enquanto uma lâmpada convencional produz cerca de 15 lumens/watt em média, o LED emite 20, o que garante mais visão para o condutor.

As lâmpadas a led são muito mais econômicas (especialmente relevante para carros híbridos e elétricos), duráveis (cerca de 5 mil horas),  mais brilhante do que os faróis halógenos e resultam mais foco e conforto para o condutor que vem pelo outro sentido. Entre outras vantagens, possui maior resistência contra impactos e vibrações. Além de poupar mais energia do motor e não emitir radiação infravermelho e ultravioleta.

 

Muitos buscam personalizar o veículo substituindo o conjunto original halógeno pelos de LED, seja pelo resultado estético ou  pela eficiência na iluminação. As duas luzes mais comuns que são convertidas em LED são as luzes dianteiras e as luzes traseiras. No processo, é preciso trocar o conjunto do farol e lanterna traseira e instalar os novos conjuntos de LED.

Os preços variam em relação às lanternas halógenos convencionais, devido o alto custo de produção e por exigir uma eletrônica mais sofisticada instalada nos veículos.O uso de faróis de LED possui também custos de reposição mais altos, exige uma estrutura mais reforçada ao redor das lâmpadas e a autorização do Detran para instalação em caso o sistema não venha de fábrica.  

Para quem deseja adquirir lâmpadas de LED é importante saber que uma lâmpada de má qualidade ou imprópria pode trazer problemas, como, por exemplo, prejudicar o computador de bordo do carro. Não corra riscos, encontre aqui as melhores oficinas para realizar a troca de lâmpadas comuns do seu carro por faróis de LED.

 

Uma sugestão para o consumidor na hora da compra é checar se o produto não apresenta conexões elétricas expostas ou fios e soldas aparentes. Estes são indicativos que podem trazer riscos de oxidação e queima precoce das lâmpadas. Também é recomendável verificar na embalagem se informa valores acima de três mil lumens por lâmpada, pois estes valores quando são muito elevados, dificultam o enquadramento da linha de corte determinado pelas normas internacionais.

Seta do carro e luz de placa: pequenas, mas importantes

As lâmpadas da seta do carro são pequenas, podendo ser bem baratinhas ou relativamente caras, o que varia bastante de acordo com o modelo do carro, mas em todos...